Indústria 5/12/2017

Indústria cresce 5,3% em outubro

A produção da indústria brasileira cresceu 5,3% em relação a outubro do ano passado. Essa foi a sexta alta seguida nessa base de comparação e a mais forte desde abril de 2013, quando chegou a 9,8%. Os números foram divulgados nesta terça-feira (5 de dezembro) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O setor de veículos automotores, reboques e carrocerias produziu 27,4% mais do que em 2016 e contribuiu para o resultado positivo da indústria em geral. Também cresceram as produções de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (22%) e das indústrias extrativas (3,1%), entre outros. Na contramão, caiu a produção de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis.

Segundo André Macedo, gerente da Coordenação de Indústria do IBGE, o grande destaque da produção industrial em outubro ficou com os bens de capital e os bens de consumo duráveis. Ambos registraram, na comparação com outubro do ano passado, crescimento de dois dígitos – respectivamente 14,9% e 17,6%.

Em bens de capital, o avanço se deu, de acordo com o pesquisador, pelo avanço de bens relacionados a transportes “notadamente com os caminhões explicando esse avanço”. "Tem muito de mercado externo, de exportação de veículos automotores como um todo, mas principalmente dos caminhões. Tem efeito de mercado doméstico também, mas num nível bem menor.”

Altas

• Veículos automotores, reboques e carrocerias (27,4%)
• Equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (22%)
• Móveis (17,8%)
• Bens de consumo duráveis (17,6%)
• Manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos (16,9%)
• Bens de capital (14,9%)
• Artigos do vestuário e acessórios (11,8%)
• Produtos de borracha e de material plástico (9,9%)
• Máquinas e equipamentos (8,3%)
• Metalurgia (6,5%)

Já frente a setembro, a atividade subiu 0,2%, o segundo avanço consecutivo, de acordo com o IBGE. Nessa base de comparação, aumentaram as produções de farmoquímicos e farmacêuticos (20,3%) e de bebidas (4,8%), seguidas por vestuário e acessórios (4,3%). 

Fonte: g1.globo.com
Fotos: GM Brasil

Resultado foi puxado pela produção de veículos. Na comparação com setembro, produção teve segunda alta seguida, de 0,2%.
Customer Experience 30/11/2017

Disponibilidade para a melhor experiência

A Parker implementou em todas as operações globais o programa High Performance Teams (HPT), ou seja, Equipes de Alto Desempenho. Assim, o trabalho em equipe e a tomada de decisão colaborativa alavancam a capacidade de líderes e colaboradores, resultando em melhorias para o cliente. A partir desta edição, conheça a opinião de profissionais que vêm se destacando nesse programa.

LAÍS SOUZA - Analista de Atendimento ao Cliente – Customer Care

“Um bom atendimento, tanto na pré-venda quanto na pós-venda, é essencial para garantir que o cliente tenha a melhor experiência. Por isso, sempre busco solucionar com rapidez suas solicitações, representando-o perante outras áreas da Parker, para que as necessidades sejam atendidas da melhor forma.

Fico à disposição para esclarecimentos sobre nossos produtos e procuro oferecer soluções alternativas quando necessário. Certa vez, conseguimos reduzir para um dia útil uma entrega que seria feita em 10 dias. O cliente ficou satisfeito e nos enviou um e-mail em agradecimento. Ao atender com eficiência essa e outras demandas, fazemos a diferença em nome da Parker.”

LAÍS SOUZA - Analista de Atendimento ao Cliente – Customer Care
Treinamento 14/11/2017

Parker promove curso de Hidráulica para turmas abertas

Parker Hannifin tem promovido treinamentos técnicos sobre diversas tecnologias. Além de cursos já oferecidos para os distribuidores autorizados e treinamentos in company, agora passou também a oferecer treinamentos para pessoas físicas (turmas abertas) em sua unidade de São José dos Campos (SP).  

No treinamento ministrado nos dias 23, 24 e 25 de outubro, foram abordados conteúdos como princípios físicos da hidráulica, bombas, motores, cilindros, válvulas direcionais, simbologias, filtragem do óleo e elementos lógicos com montagens práticas em bancadas didáticas. 

Compareceram ao curso ministrado pelos instrutores Marcos Ortiz e Andrei Rangel profissionais das seguintes empresas: Deca, Raiz Comércio De Vedações, Canamor Metalúrgica e Embalagens Mara.

“O curso foi muito bom”, disse Wellington Lopes, da Deca. “Gostei da grade e do estilo das aulas por serem condizentes com o conteúdo que foi passado”, acrescentou. “Estão todos de parabéns”, completou Wellington. 

Fábio Mininel, gerente de Marketing e Vendas, demonstra-se satisfeito com os benefícios do curso: “O treinamento de Hidráulica Industrial ministrado pelos profissionais da Parker Training conta com uma excelente metodologia, utilizando um mix de teoria e prática que auxilia no desenvolvimento dos nossos profissionais e clientes”.

O gerente de sistemas de aprendizagem José Mauro de Oliveira tem recebido bons feedbacks dos participantes sobre os treinamentos. Eles destacam os diferenciais em relação a outros cursos existentes no mercado (veja abaixo):

Diferenciais dos treinamentos Parker:

- Realização de exercícios práticos, possibilitando a todos os alunos montagens em bancada de treinamento;
- Materiais didáticos completos e bem elaborados;
- Excelente didática dos instrutores, facilitando o aprendizado e engajamento dos participantes;
- Exercícios Teóricos.

Para mais informações sobre as tecnologias e demais cursos, ligue 0800 727 5374, acesse o website Parker Training ou acesse o Link para efetuar o download do folheto sobre a Parker Training.
Compareceram ao curso ministrado pelos instrutores Marcos Ortiz e Andrei Rangel profissionais das seguintes empresas: Deca, Raiz Comércio De Vedações, Canamor Metalúrgica e Embalagens Mara.
Treinamento 9/11/2017

Parker promove treinamento sobre hidráulica industrial

Com o objetivo de aprimorar e reciclar os conhecimentos sobre Hidráulica industrial dos funcionários da Gerdau, a Parker Hannifin promoveu nas semanas de 21 a 25 de agosto e de 28 de agosto a 1º de setembro um treinamento sobre o tema com as seguintes abordagens: fluidos hidráulicos, filtros, unidades hidráulicas, bombas hidráulicas, válvulas de controle direcional, válvula de vazão e de bloqueio, válvulas de pressão, cilindros e motores. Todos os participantes tiveram a oportunidade de fazer montagens práticas de diversos tipos de circuitos em bancada didática. 

Ministrado pelo instrutor Marcos Ortiz na sede da Parker Hannifin em São José dos Campos (SP), o encontro contou com 3 turmas, totalizando 55 colaboradores da Gerdau. Para cada turma, o curso teve carga horária de 20 horas. 

Marcos Ortiz se demonstrou satisfeito com o resultado do treinamento: “Além de compartilhar conhecimentos com os participantes, foi nítida a evolução deles durante esse período de aprendizado”.

O conhecimento adquirido pelos participantes contribuirá para o aumento da produtividade na empresa, garantindo ao processo de fabricação maior qualidade com menos paradas de máquinas. 

Para Vanessa Souza, funcionária da Gerdau que esteve presente, o treinamento agregou bastante: “Foi muito útil para as aplicações em geral, como análises de problemas hidráulicos, especificações de componentes e soluções de problemas”. 

Para mais informações, ligue 0800 727 5374, acesse o website Parker Training ou acesse ainda o Link para efetuar o download do folheto sobre a Parker Training.

O encontro contou com 3 turmas, totalizando 55 colaboradores da Gerdau. Para cada turma, o curso teve carga horária de 20 horas
Customer Experience 31/10/2017

Superando as expectativas dos clientes

A Parker implementou em todas as operações globais o programa High Performance Teams (HPT), ou seja, Equipes de Alto Desempenho. Assim, o trabalho em equipe e a tomada de decisão colaborativa alavancam a capacidade de líderes e colaboradores, resultando em melhorias para o cliente. A partir desta edição, conheça a opinião de profissionais que vêm se destacando nesse programa.

William Silva - Engenheiro de Aplicação - Mercado de Distribuição e Reposição e Consumer

"Para exceder as expectativas do cliente, busco resolver as coisas de forma rápida. Procuro ser um canal de comunicação bem sincero, criando um vínculo de confiança com o cliente. Respondo o que ele precisa saber sem criar falsas expectativas; faço isso como uma atitude natural. Penso que o principal para o bom atendimento é a confiança. Temos uma marca forte, conhecida pela qualidade, e os clientes querem ser atendidos com agilidade. A companhia é grande e as ações dependem de várias pessoas. Nosso papel é encontrar soluções para viabilizar o atendimento da necessidade do cliente dentro de nossa estrutura. Estamos aqui para ouvir o cliente. Procuramos ser pró-ativos e ajudar de todas as formas possíveis."

William Silva - Engenheiro de Aplicação - Mercado de Distribuição e Reposição e Consumer
Expediente ©Parker Hannifin Corp. 2015