23/7/2020 Manutenção centrada em confiabilidade amplia eficiência da indústria

No ambiente industrial, muitas vezes a manutenção acontece apenas quando componentes ou equipamentos falham e precisam ser substituídos. Há quem opte por avaliar previamente as necessidades de reparos de determinadas peças e registrar informações sobre suas rotinas de manutenção em documentos específicos para esse fim.

Logicamente, o grande problema de se armazenar informações nesse formato é que, caso haja troca de equipes, os dados podem acabar se perdendo por descuido ou imprevisto no seu arquivamento e transferência.

A perda de dados interrompe os intervalos pré-programados para manutenção e pode causar severos problemas para a produção, já que os ativos ficam sujeitos a falhas e paradas não planejadas para troca de componentes.

Paradas imprevistas geram perdas por inatividade e podem até colocar em risco a integridade dos operadores. No caso da produção offshore, por exemplo, certas falhas na rotina de manutenção podem inclusive causar danos ambientais.

Rotinas certeiras

Para resolver essa questão, a Parker apresenta o conceito de manutenção centrada em confiabilidade.

Facilmente aplicável nas indústrias, essa abordagem permite que as equipes de manutenção analisem separadamente os riscos de cada um dos ativos e, com base nesses dados, prevejam rotinas de manutenção certeiras que garantam sempre o menor impacto possível.

Continue lendo

Expediente ©Parker Hannifin Corp. 2019